Na 3ª Mostra Audiovisual Joaquim Venâncio, foi realizada a exibição de 13 curtas-metragem, selecionados segundo 4 critérios: Argumento, Criatividade, Exploração da Linguagem Audiovisual e Processo Educativo.

 

Playlist de vídeos exibidos

Playlist dos debates

 

A ALIENADA (4´30)
Escola Municipal Rosa da Fonseca
Menina é devastada pelo uso de drogas. Depois da tragédia, reflete sobre como foi sua vida.

A EMPREGADA (7´30)
CE Barão do Rio Bonito
O filme, mistura de ficção e documentário, faz um paralelo entre a seleção e a avaliação do trabalho de uma empregada doméstica e a escolha dos candidatos políticos, convocando o espectador a refletir sobre o exercício da cidadania.

DE MÃO EM MÃO (9´35)
Colégio de Aplicação da UFRJ
Ele queria ganhar liberdade, mas não podia viver só. De mão em mão, foi se aventurando e se surpreendendo: tantas mãos significam muitas possibilidades… onde isso vai dar?

EXERCÍCIOS DE UM IMAGINÁRIO (15´)
Colégio Estadual José Martins da Costa
Três grupos de alunos recebem o desafio de realizar um exercício onde a filmagem em diferentes espaços cria a ilusão de um lugar que não existe verdadeiramente. O resultado são cenas que retratam, às vezes com fantasia, humor ou reflexão um pouco do imaginário que os rodeia. Esse exercício faz parte da metodologia do projeto CINEAD, da Faculdade de Educação da UFRJ, que desde o ano passado capacita e acompanha a produção de 4 Escolas de Cinema criadas dentro de escolas públicas do estado do Rio de janeiro.

MEU PRIMEIRO AMOR (15´)
E. M. Professor Viera Fazenda
Isabela e Vinícius são amigos da escola. Vinícus é apaixonado por Isabela e compõe poesias pra sua amada, o que aos poucos vai conquistando o coração da menina. Porém uma viagem inesperada afasta Isabela da escola. Anos depois, um reencontro pode mudar a vida dos dois.

NO LIXÃO COM UMA CÂMERA NA MÃO (7´30)
IE Governador Roberto Silveira
O que se pode aproveitar do lixo? Histórias? Amigos? Carinho? Sofrimento? Dignidade? Nega Jô e outros ex-catadores do Jardim Gramacho retratam suas experiências, através de entrevistas, falando também de como estão suas vidas após o fechamento do lixão. Assim, o filme se torna uma ferramenta de expressão de pessoas que viveram na extrema pobreza, às margens da sociedade. O vídeo foi produzido durante a Oficina Vídeo-Interatividade do Programa Cinema Todos.

O ATOR (6 ´)
Colégio estadual D. Pedro II
Um homem comum sai de seu trabalho calmamente como todos os dias. Ao chegar em casa, depara-se com uma realidade muito estranha, onde a diferença entre a ficção e a realidade é um pouco confusa.

O BARALHO MÁGICO (14´)
Escola Municipal Narcisa Amália
Um aluno leva um baralho misterioso para a escola. E coisas estranhas começam a acontecer a partir daí.

O MEDROSO (11´27)
Escola Municipal Presidente Roosevelt
Fabrício vai ao parque de diversão, mas não consegue entrar em nenhum brinquedo porque tem medo. Ele tem até o fim do dia para tomar coragem.

REALIDADE TRILHADA (8´49)
C.E. Bangu
Retrato do dia-a-dia de passageiros do trem da cidade do Rio de Janeiro, Realidade Trilhada revela as problemáticas de quem usa o transporte.

TEMPO VAGO (15´)
CIEP BRIZOLÃO 175 JOSÉ LINS DO REGO
A história de um menino que se apaixona mas não consegue se declarar para a menina que gosta.

UMA PEDRA NO CAMINHO (5´)
Escola Municipal Monteiro Lobato
Leandro, um adolescente resolve comprar uma pedra de crack…

VIDA EM MANCHETES (5 ´)
Escola Municipal Monteiro Lobato
Menina se vê sem saída a cada perigo de vida apontado por seus amigos.

Advertisements

Deixe um comentário

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s